POR: Paulo Rezende

Eu nunca fui uma pessoa dessas que traça metas pra cumprir no novo ano que entra. Sempre achei meio bizarra aquela galera que vai se aproximando do finalzinho de dezembro e já preparam papel e caneta pra listar tudo que farão de diferente a partir das badaladas da meia-noite na virada. Parte dessa minha estranheza era por saber que, para a grande maioria, essa listinha não significa nada já que no fim das contas nada muda e tudo continua sendo uma merda (rs). Outra parte era por um leve recalque em querer traçar também as minhas próprias metas, mas preferir evitar o stress de ver o ano passado e elas não sendo riscadas da minha listinha pessoal. A vontade de evitar a frustração quando o ano novo chegasse e a listinha não estivesse nem perto de ser finalizada sempre foi maior do que a vontade de pelo menos tentar mudar algumas coisas nos novos 365 dias que se aproximam.

Mas como 2017 já provou ser um ano de mudanças pessoais, terminando num saldo surpreendentemente e milagrosamente positivo em sua grande maioria, nada mais justo do que finalmente deixar os medos de lado e me jogar na tentativa de começar também um 2018 planejado e organizado em objetivos que, de uma forma ou outra, me farão uma pessoa melhor e mais feliz daqui até a próxima noite de fogos na praia né? Então sem mais enrolação, compartilho agora minhas metas (nem todas né, já que algumas são mais pessoais etc etc etc) para 2018! Elas já estão traçadas desde a virada do ano, e tenho feito meu melhor pra riscar uma a uma o mais rápido possível. Quem sabe ao materializá-las aqui eu me sinta ainda mais motivado a cumprir tudo a tempo?

Chegar aos 75kg

Meu processo de reeducação alimentar e busca por uma vida mais saudável tem ido bem até agora. Desde julho do ano passado até agora já foram 35 kg eliminados, taxas de glicose, colesterol e vitaminas no sangue completamente reguladas e num geral a qualidade de vida melhorou demais apenas mudando os hábitos alimentares e fazendo atividade física regularmente. Fui dos 121 kg aos 86, mas ainda tem uma boa caminhada pela frente para alcancar a minha melhor forma física. Esse ano quero continuar me empenhando e trabalhando duro pra que eu finalmente chegue a uns 70 kg, para depois trabalhar no ganho de músculo e chegar a um peso ideal de 75 kg. A saúde agradece e é bom aproveitar enquanto a empolgação está a todo vapor. Até agora não faltei nenhum dia de academia (yay!) em janeiro, e se continuar nesse ritmo acredito que o sucesso seja garantido! <3

Fazer mais Tatuagens

Já comecei o ano riscando uma das minhas tatuagens da lista de metas. Tatuei uma sereia com tentáculos de polvo no braço esquerdo (veja aqui), e agora para o resto do ano tenho mais duas tatuagens planejadas. Uma delas é algum tipo de homenagem para a minha avó, que faleceu no meio do ano passado e está fazendo muita falta. A outra tatuagem é referenciando meus pais, uma segunda homenagem a eles já que já tenho uma no braço direito! Hahahaha! Nunca fui uma pessoa muito familiar, mas para essas pessoas mais amadas eu entro na agulha sem pensar duas vezes. Assim que as tatuagen virarem uma relidade venho aqui mostrar no blog.

Viajar mais

Nunca fui uma pessoa de viajar muito. Apesar de gostar bastante de quando rola uns rolê (rs) por aí, eu nunca consigo me planejar financeiramente pra poder passear pra fora do meu estado quando vaga um tempo na rotina. Pra esse ano quero mudar isso, e já estou começando a me preparar visitar a CCXP em São Paulo desse ano, além de uma viagem internacional um pouco maior pra qualquer lugar do mundo que meus trocadinhos conseguirem me levar! Pro ano que vem os planos são de visitar minha miga que mora lá na terra dos hambúrgueres e predidentes com pele laranja, mas isso fica pra um próximo post.

Ler mais e assistir ainda mais filmes

Não é com orgulho que escrevo aqui que eu não tenho o costume de ler muitos livros. Eu até compro bastante livros, mas acabo começando e deixando de lado ou então nem abrindo e só deixando como decoração na estante. Em 2017 foram apenas 2 livros lidos do começo ao fim, e isso definitivamente precisa mudar. Coloquei como meta de leitura para o ano novo um mínimo de 10 livros lidos até o fim. É pouco para muita gente, mas pra mim acho que já vai ser um grande passo. Além disso, quero assistir a um mínimo de 150 filmes durante esses 12 meses de 2018. Ano passado foram pouco mais de 140 segundo o meu letterboxd, então quanto a filmes acho que estou um pouco mais sussa né? Ah! Quero dicas de livros pra ler aí nos comentários! :D

Reformar o quarto

Minhas férias de fim de ano desse último que passou serviram pra descansar a cabeça, esquecer um pouco dos problemas e tarefas do trabalho, mas principalmente foram para começar e terminar uma reforma geral na sala da minha casa. Pintei parede, troquei todos os móveis e mudei a decoração completamente pra deixar tudo um pouco mais a minha cara. A próxima empreitada de decoração vai ser no meu quarto e, apesar de bem menos radical que a da sala, é algo que eu estou ansioso pra que eu consiga terminar logo. Só me falta um dinheirinho sobrando e paciência pra terminar os projetos de DIY que já separei aqui nos meus favoritos.

Jogar mais video game

Ano passado também foi a primeira vez na minha vida que eu consegui comprar um console de games em seu lançamento. Meus pais nunca nadaram no dinheiro e eu, mesmo depois de ter crescido, nunca foquei minhas prioridades em ter o videogame da moda. Já vai fazer um ano que tenho o Nintendo Switch e sinceramente posso afirmar que ele valeu cada uma das parcelas que venho pagando até hoje, HAHAHA! Pra esse ano, botei a meta de comprar e jogar até o fim pelo menos 3 novos jogos que forem lançados nos próximos meses. Para uns pode parecer pouca coisa, mas pra mim é uma meta bem pé no chão levando em conta a minha realidade financeira e também o fato que eu não largo um jogo por um bom tempo. Faz pelo menos 3 meses que estou agarrado em Splatoon 2 e não largo aquela belezinha por nada nesse mundo. Então, que venham mais games em 2018!

Teatro, musicais e shows

Sou uma bicha dos musicais. Falou em Broadway, teatro e uma boa gritaria cantada eu já fico doidinho e com o cartão de crédito na mão pra garantir meus ingressos antecipadamente. Pro ano novo, a meta é ir até São Paulo assistir a pelo menos 3 musicais. Já garanto que dois deles vão ser O Fantasma da Ópera e A Pequena Sereia, que devem estrear por volta de março ou abril. O terceiro ainda depende do que mais for estrear até o fim do ano. Já shows de bandas e etc fica um pouco mais complicado, porque sou uma vovó que só gosta de shows confortáveis que tenham mesinhas ou pelo menos cadeiras. 2017 rendeu dois shows do Silva que foram tudo de bom, e pra 2018 eu quero garantir meu lugarzinho em pelo menos 3 shows diferentes. Será que rola?

Desenvolver minhas habilidades manuais

Cerâmica e bordado, ok? É isso que eu quero dizer com habilidades manuais. Sou maluco com peças de cerâmica pra usar na cozinha e uma das coisas que eu mais quero para o ano de 2018 é aprender a fazer meus próprios pratos, tigelas, copos, jarros e tudo mais que minhas mãozinhas forem capazes de produzir. Além disso, quero aprender a bordar aqueles quadrinhos redondos que estão super na moda agora. Bem vovózinha mesmo, hahaha!

Fazer Terapia

Acho que todo mundo pode se beneficiar de umas sessões de terapia né? Todo mundo que eu conheço e faz terapia regularmente só tem elogios a fazer, e nos últimos meses tenho sentido cada vez mais necessidade de entrar pra turma da galera que tem alguém profissional pra botar tudo pra fora sem ser julgado e ainda de quebra recebe uma ajuda a resolver os problemas e doideiras que aparecem na cabeça. Migos de Vitória que me leem aqui, estou aceitando recomendações de bons profissionais com um divã pertinho da minha casa, rs.

Ajudar mais ONGs de bichinhos

Aaaaa! Uma das coisas mais importante pra fazer esse ano é ajudar aos bichinhos que precisam de ajuda. Seja participando como voluntário em feirinhas de adoção, ajudando com trabalho manual em abrigos em dias específicos ou até mesmo apenas doando dinheiro ou alimentos em pontos de coleta. Tem muita coisa que eu posso fazer pra ajudar os animaizinhos carentes que precisam de ajuda, e finalmente chegou a hora de tirar os planos do papel, levantar a bunda do sofá e dar amor aos cãezinhos e gatinhos dessa cidade calorenta.

Postar mais no blog

Isso aqui já é um plano de anos e anos. Desde o meu primeiro blog venho sendo atormentado com ondas de empolgação com o blog, seguidas de ondas de preguiça e fadiga em ter que atualizar as coisas por aqui com frequência. Já pra esse ano, a meta é postar pelo menos duas vezes por mês e dar as caras por aqui com mais frequência do que tenho feito nos últimos meses. Janeiro termina hoje com um saldo positivo pra essa meta, e agora é só manter o pique pra que tudo se conclua com sucesso até o final de dezembro!

No mais, acho que é isso que dá pra compartilhar por aqui. Tem mais algumas coisas listadas aqui no meu telefone, mas elas são ou muito pessoais ou muito bobinhas e não valeria a pena escrever tudo aqui e deixar esse post maior do que já está. Mas agora eu quero saber de você quais são suas metas pra 2018? Gastar menos? Cuidar da saúde? Desencalhar? Me conta tudo aí embaixo nos comentários que eu vou adorar saber. Se tem uma coisa que eu posso dizer pra te ajudar a chegar lá é: apenas comece. Não foque muito no resultado final, apenas vá fazendo que quando você menos esperar já vai estar na metade do caminho e mais um pouco depois o sucesso é garantido. <3

Beijos e até a próxima!

Você também vai gostar