POR: Paulo Rezende

Já passou um bocado de tempo desde que postei aqui no blog minha listinha pra enaltecer e endeusar as minhas ilustradoras gringas favoritas do momento. E apesar de eu ser uma pessoa totalmente diferente do que eu era há quase 9 meses, se tem uma coisa que não mudou nadinha em mim foi a paixão por ilustração e a admiração pelo trabalho de mulheres maravilhosas que eu acabo encontrando por aí nessa interwebs. Hoje, como já deu pra perceber, vim mostrar aqui as minhas cinco ilustradoras nacionais favoritas do momento. São cinco mulheres que eu queria abraçar e apertar até que elas ficassem pequenas o suficiente pra eu pudesse guardá-las num potinho só pra mim. Mas não tem jeito, o talento dessas moças é grande demais e não há como conter tudo isso só pra mim.

Algumas dessas eu acompanho há pouquíssimo tempo, mas já sou daqueles fãs malucos que faz colagem estilo serial killer dentro do guarda roupa pra ninguém julgar minha obsessão. Para outras, o amor não só já é duradouro como também é recíproco e pessoal. São desconhecidas e amigas que juntas formam um batalhão de talento que vai te deixar com a cabeça rodando e os dedinhos doendo de tanto scrollar pelas timelines e clicar pra curtir e seguir seus trabalhos!

POR: Paulo Rezende

Eu nunca fui uma pessoa dessas que traça metas pra cumprir no novo ano que entra. Sempre achei meio bizarra aquela galera que vai se aproximando do finalzinho de dezembro e já preparam papel e caneta pra listar tudo que farão de diferente a partir das badaladas da meia-noite na virada. Parte dessa minha estranheza era por saber que, para a grande maioria, essa listinha não significa nada já que no fim das contas nada muda e tudo continua sendo uma merda (rs). Outra parte era por um leve recalque em querer traçar também as minhas próprias metas, mas preferir evitar o stress de ver o ano passado e elas não sendo riscadas da minha listinha pessoal. A vontade de evitar a frustração quando o ano novo chegasse e a listinha não estivesse nem perto de ser finalizada sempre foi maior do que a vontade de pelo menos tentar mudar algumas coisas nos novos 365 dias que se aproximam.

Mas como 2017 já provou ser um ano de mudanças pessoais, terminando num saldo surpreendentemente e milagrosamente positivo em sua grande maioria, nada mais justo do que finalmente deixar os medos de lado e me jogar na tentativa de começar também um 2018 planejado e organizado em objetivos que, de uma forma ou outra, me farão uma pessoa melhor e mais feliz daqui até a próxima noite de fogos na praia né? Então sem mais enrolação, compartilho agora minhas metas (nem todas né, já que algumas são mais pessoais etc etc etc) para 2018! Elas já estão traçadas desde a virada do ano, e tenho feito meu melhor pra riscar uma a uma o mais rápido possível. Quem sabe ao materializá-las aqui eu me sinta ainda mais motivado a cumprir tudo a tempo?

POR: Paulo Rezende

Minha ideia original com esse post era indicar pra vocês uma loja nova que me foi indicada por uma amiga numa noite de comes, bebes e games. Ela estava vestindo uma camiseta super lindinha e, depois do meu elogio, passamos um bom tempo com ela me mostrando de onde a tal brusinha era e babando muito em tudo mais que o site da loja oferecia pra vender. Acabou que no fim das contas essa lojinha não era tão “inha”assim, e boa parte dos meus amigos já tinha ouvido falar na tal da Ziovara. Não sei se fiquei feliz por tanta gente assim já estar por dentro do babado, ou se fiquei amargo por não terem me contado antes da existência dessa belezinha de loja virtual.

A Ziovara, pra quem ainda não conhece, é uma loja que vende uma diversidade enorme de peças de vestuário, calçados, acessórios e itens de decoração pra casa. Não é atoa que dá pra passar um bom tempo babando em tudo que o site tem pra oferecer né? O mais legal é que se você acompanha a loja também pelas redes sociais, dá pra ficar por dentro de todas as novidades que eles estão lançando e ainda votar por enquetes em qual item você quer que eles lancem primeiro. Eu não tô sendo pago pra fazer esse jabá aqui não tá? É dica de amigo mesmo, porque sei o quanto é difícil achar lojas online nacionais que vendam coisas legais por um preço não muito absurdo.

POR: Paulo Rezende

Nessa minha nova fase tentando abaixar o peso e aumentar a qualidade de vida, comecei a me jogar mais na cozinha e a testar novos jeitos de fazer pratos gostosos e saudáveis. E como o blog anda meio parado, nada mais justo do que vir aqui tirar as teias de aranha com essa receita de quiche integral que adaptei por conta própria com ajuda de uma miga. A foto foi tão bem recebida no meu Twitter e tão comentada nos meus stories no Instagram, que tive que aproveitar a oportunidade pra compartilhar por aqui com todo mundo que pediu a receita. Mas chega de enrolação e vamos logo ao que interessa né?

POR: Paulo Rezende

Sabe aqueles ditados que sua mãe sempre repetia e você nunca prestava muita atenção? Pois então, uma hora esses simpáticos ~avisos~ que sempre ignoramos vêm chutar a gente bem no meio da bunda e percebemos que realmente, às vezes, o barato pode sair muito caro. Felizmente no meu caso a parte cara não pesou no bolso, afinal de contas, quem de nós adoradores de uma compra parcelada em 12x sem juros tá podendo arcar com mais prejuízo nessa vida?

Na verdade o que tem ficado bastante prejudicada no último mês é a minha saúde mental e o autocontrole pra não fazer um saboroso barraco virtual que deixaria até Tulla Luana chocada. Pensando em evitar a fadiga de escrever uns textão no facebook e também em poupar meus amigos de redes sociais, tive a ideia de compartilhar o meu first world problem no blog. Desse jeito, lê quem quiser e no caso de alguém cair de paraquedas nesse post ao buscar boas referências da loja, já vai ficar sabendo logo de cara como é a dor de cabeça burocrática do processo de troca na loja online da Centauro. É bom que daí já dá pra se preparar pras cenas de novela que você vai protagonizar. Vamo lá?

1 2 3 5